How Bootcamps

O que são Bootcamps? Uma breve explicação do modelo de cursos da HOW.

Origem do termo bootcamp
O termo boot camp nasceu nos campos militares americanos onde soldados passavam por treinamentos imersivos para se preparem para a guerra.
No Vale do Silício, se popularizou e virou sinônimo de aprendizagem intensiva e acelerada.

Por que fazer um bootcamp?
O objetivo dos bootcamps é desenvolver habilidades e competências profissionais em tempo recorde e preparar a pessoa para os desafios do mercado, reduzindo o déficit de competências de recém-formados ou de quem quer conhecer e aprender competências que fazem sentido para o mercado de trabalho. A ideia é aplicar essa novas habilidades na solução de problemas reais.

 

No pain, no gain
O ritmo frenético, puxado e imersivo dos bootcamps exige muito do aluno e uma de suas principais características é o modelo hands-on, o aprender fazendo. Por exemplo: só é possível aprender a tocar guitarra, quando você coloca a mão na massa – no caso do exemplo, na guitarra.

Quem são os head liners?
Nos bootcamps, geralmente o facilitador – termo usado para o professor – são pessoas que estão no campo de batalha (ops, no mercado), empreendendo, trabalhando em startups ou empresas inovadoras. São essas pessoas que irão compartilhar seu dia a dia e suas experiências profissionais com os alunos. O interessante disso é que você fica conhecendo o modus operandi de empresas e pessoas que você admira e se identifica, além de ter exemplos e práticas que envolvem problemas reais.
Escola e mercado, juntos (finalmente!)
Os bootcamps são projetados em conjunto com startups e educadores experientes, em torno de dois pilares principais: velocidade e aprendizagem de alto impacto.
A meta é trabalhar com habilidades que as melhores startups do país usam para construir e lançar produtos disruptivos e inovadores.

Acesse How, e experimente um bootcamp nosso.